Produtos naturais / Suplementos Alimentares

Portes de correio Grátis. Pedidos de Valor Superior a 30 Euros. Para Portugal.
Envio Gratuito. Para los pedidos superiores a 50 Euros. Para España.
21 8223546 96 0489987

Cevada

Cevada

Hordeum vulgare L. Família das Poáceas (Gramíneas)

Habitat e distribuição.

A Cevada é cultivada em regiões temperadas de todo o mundo.

Partes utilizadas.

Sementes, depois de descascadas. Malte após germinação das sementes. Óleo dos embriões das sementes.

Constituintes.

Sementes: proteínas, glúcidos (mono, oligo e polissacáridos, principalmente, amido com cerca de 50%), óleo gordo (2%), vitaminas do complexo B, vestígios de alcalóides (horde­nina e gramina), sais minerais e aminoácidos.
- Malte: enzimas (amilase e outras) aminoácidos, proteínas, glúcidos, óleo gordo, vitaminas e sais minerais.
- Óleo dos embriões: ácidos gordos in­saturados e saturados, fitosteróis e tocoferóis.

Farmacologia e actividade biológica.

A cevada é altamente nutritiva. Tem acção emoliente. O malte pela riqueza enzimática, facilita a digestão. O óleo é hipolipemiante.

Usos etnomédicos e médicos.

Internamente a farinha das sementes de cevada é usada em diarreias e na colites em geral, externamente em cataplamas para reduzir a inflamação em feridas, edemas e mialgias. O malte, em problemas digestivos. O óleo, nas hiperlipidemias.

Principais indicações.

Na convalescença, como reforço alimentar (malte), nas diarreias, e doenças inflamatórias do estômago e intestinos.

Contra-indicações.

Não são conhecidos.

Efeitos secundários e toxidicidade.

Não são conhecidos.

Precauções.

Formas de administração e posologia.

Uso interno
Cozimento de 20 g a 50 g de sementes num litro de água. Tomar durante dia.
- Malte: 5 a 20 g por dia em cápsula ou pó.
Uso externo
Cataplasma: farinha de semente diluída em água quente, ferver e aplicar.

Bibliografia
Plantas e produtos Vegetais em Fitoterapia
Autores: Prof. Doutor A. Proença da Cunha, Dra Alda Pereira da Silva e Dra Odete Rodrigues Roque.
Editora: Fundação Calouste Gulbenkian.